Entretenimento

Claúdio Ismael fala da pirataria musical em Moçambique

By  | 

Após o lançamento da sua primeira obra discográfica, “Meu Sonho, Minha Vida”, no final do ano passado, Cláudio Ismael usou a sua conta do facebook ontem (27), para falar da pirataria, que na verdade é o algo que atormente os artistas moçambicanos.


O músico publicou um texto onde sugere a solução para que os artistas consigam vender os seus CDs com sucesso. Tendo em conta que em Moçambique não existem produtoras, Cláudio Ismael sugere que a solução é vender os CDs para os piratas, alegando que – de uma certa forma são eles que vendem mais os discos -.


“Ok sem querer criar confusão, vamos pela lógica. Em Moçambique infelizmente não existem produtoras, então os Cds Piratas de alguma forma vendem (e muito), a quem o piratas vendem?, realmente as leis existem mas só nos papéis, no meu ponto de vista, a solução é lógica, vendemos aos piratas” escreveu Cláudio Ismael.

Mesmo com a boa reação de seus seguidores, minutos depois, por razões desconhecidas o mesmo excluiu a publicação.

 

LEIA TAMBÉM:

Comentar via facebook

Comentários

Licenciado em jornalismo pela UEM, gosto de partilhar tudo de bom e útil que encontro pela Internet, meus dias resumem-se em leitura, games e filmes.

Leave a Reply