Saúde

10 problemas causados pelo micro-ondas, e você provavelmente não sabe!

By  | 

Existem várias pessoas que afirmam que “utilizar micro-ondas não faz mal para a saúde”. Porém, existem vários estudos realizados um pouco por todo o mundo que indicam precisamente o contrário. Ninguém vai morrer por comer algo preparado num micro-ondas uma vez.

Porém, o seu uso continuado, segundo vários estudos, pode estar na origem de vários problemas de saúde graves…

No ano de 2003 um estudo realizado na Espalha, provou que frutas e legumes cozidos em um forno micro-ondas, perdem cerca de 97% das substâncias que contribuem para a redução da incidências coronárias (quando comparado com esses alimentos crus).


Outro estudo, realizado há bastante tempo, parece ter caído no esquecimento de todos nós.

Em 1991, no Instituto Federal Suíço de Tecnologia e pelo Instituto Universitário de Bioquímica, concluíram que cozinhar ou simplesmente aquecer alimentos no micro-ondas, apresenta riscos muitíssimo mais elevados para a saúde do que o cozimento mais tradicional, ou seja, no fogão.

Esse estudo mostrou ainda que muitas das pessoas que comiam alimentos preparados no micro-ondas com muita regularidade, tiveram alterações sanguíneas que podem ser bastante prejudiciais para o organismo.


Abaixo deixamos ficar os 10 problemas causados pelo uso de micro-ondas:

  • Maior taxa de problemas digestivos nos consumidores.
  • Aumento considerável de casos de câncer de estômago, intestino, entre outros.
  • Aumento na formação de células de câncer no sangue.
  • Distúrbios linfáticos que levam a uma diminuição da capacidade de impedir determinados tipos de câncer.
  • Diminuição significativa no valor nutricional de todos os alimentos preparados no micro-ondas.
  • Aceleração da desintegração estrutural em todos os alimentos.
  • Perda de 60% a 90% do conteúdo de energia vital de todos os alimentos.
  • Redução do processo de integração metabólica de alcaloides, glicosídeos e galatosídeos e nitrilosides.
  • Destruição do valor nutritivo das carnes.
  • Diminuição da biodisponibilidade. Ou seja, da capacidade do organismo de utilizar o alimento, de vitaminas do complexo B, vitamina C, vitamina E, minerais essenciais e lipotrópicos em todos os alimentos.
LEIA TAMBÉM:

Comentar via facebook

Comentários

Licenciado em jornalismo pela UEM, gosto de partilhar tudo de bom e útil que encontro pela Internet, meus dias resumem-se em leitura, games e filmes.

Leave a Reply

×