Curiosidade

5 factos sobre “Fast & Furious” que você não sabia

By  | 

A franquia é um sucesso e tem milhões de fãs, que estão neste momento confundidos com factos que jamais imaginariam.

“Fast & Furious” é uma das franquias de maior sucesso do cinema mundial. Dias depois de estrear o filme oito desta saga fantástica, existem ainda muitos segredos para contar. É que por trás da tela, existe muito mais do que acrobacias impossíveis e fora de controle.

Depois de oito filmes de sucesso, conheça mais sobre os bastidores desta franquia e alguns factos que o vão fazer repensar sobre estes filmes que, afinal, poderiam ter sido bem diferentes.

Conheça os cinco factos mais interessantes de “Fast & Furious”:

1. Tommy Lee Jones estava originalmente previsto para viver o personagem de Luke Hobbs, que acabou nas mãos de Dwayne Johnson, com o sucesso que se conhece. No quinto filme, deveria ter sido ele o antagonista de Dominic Toretto. Aliás, o papel até estava escrito com bastantes semelhanças com o personagem Samule Gerard, em ‘O Fugitivo’.

No entanto, o próprio Vin Diesel teria escutado a sua legião de fãs, que estava pedindo pelo ex-campeão da WWE e Dwayne Johnson acabou sendo chamado. Na verdade, o filme poderia ter sido bem diferente, se imaginarmos Tommy Lee Jones, no lugar de Dwayne Johnson.

2. Paul Walker não foi a primeira escolha para fazer o papel de Brian O’Conner. Haviam vários outros atores na lista para esse papel, que se tornaria icônico na história da franquia. Os principais nomes foram Eminem, Christian Bale e Mark Wahlberg.

No entanto, o personagem acabou sendo entregue para Paul Walker e é certo que os fãs não escolheriam melhor ator para esse papel.

3. Vin Diesel recusou quase 32 milhões de dólares para fazer dois ‘Fast & Furious’. Hoje, ele pode ser visto como o nome maior do filme, mas a verdade é que nem sempre foi o caso.

Ele recusou a oferta de voltar para sua sequela, que é considerado, por muitos, como o pior filme de toda a franquia.

Vin Diesel rejeitou, por não concordar como o filme estava pensado, sendo muito diferente do que ele teria imaginado. Depois dos maus resultados de bilheteria, a Universal pediu a Vin Diesel para regressar. Ele concordou, mas apenas se dessem para ele os direitos da franquia Riddick. Eles concordaram, e graças a Vin Diesel, eles mantiveram o interesse na franquia e ‘Fast & Furious’ gerou o quarto filme três anos depois, e foi um novo sucesso.


4. Ludacris ficou com o lugar de Ja Rule. O diretor John Singleton queria trazer de volta o personagem Edwin, de Ja Rule, do primeiro filme. No entanto, ele teria recusado por achar a franquia “muito pequena” para ele. O ator teria até recusado quase 320 mil doólares e o papel de Edwin acabou sendo substituído por Tej Parker, interpretado por Ludacris, que ainda permanece na franquia.

5. O personagem de Paul Walker foi finalizado, com o recurso a cenas de filmes anteriores. O ator morreu tragicamente, antes de concluir as gravações do sétimo filme da franquia. Para isso, a produção teve um excelente trabalho e conseguiu reunir imagens de filmes anteriores, permitindo que Brian se despedisse do filme.


Cenas como a conversa de Brian com Mia, na garagem na República Dominicana, era na verdade uma cena apagada do filme cinco, enquanto que seu bate-papo no avião com Dom, também, foi retirado de imagens do filme cinco.

LEIA TAMBÉM:

Comentar via facebook

Comentários

Licenciado em jornalismo pela UEM, gosto de partilhar tudo de bom e útil que encontro pela Internet, meus dias resumem-se em leitura, games e filmes.

Leave a Reply

×